Blog criado em 13 de junho de 2008

terça-feira, 13 de outubro de 2009

DIA-A-DIA



8 comentários:

Jane Botti disse...

Gilia, chorar o pranto com palavras escritas é um privilégio de poucos e tu fazes parte do pouco privilegiado! Parabéns e obrigada por compartilhar teus texto maravilhosos. Bjs

Sonia Pallone disse...

Perfeito o seu cenário, feito de imagem, palavras e sons que a gente adivinha...

Diniz Neto disse...

Hoje eu só vou dizer:
- Puta que pario!
E a mais velha vai entender tudo.
E a mais nova também!

Marise Ribeiro disse...

Gilia, a cerzidura do dia-a-dia requer resignação e vivência, para superarmos os nós que possam atrapalhar o belo tecido da vida. Tenho certeza, após ler seu Dia-a-dia, que você os supera com maestria, dignidade e muita força.
Parabéns e obrigada por me presentear com mais um belo texto.
Beijos,
Marise

Thais "beijaflor" disse...

"Retoco o olhar com a alegria que já olhei..." Querida Gilia, seu poetar o dia a dia, traz da insonia a oportunidade de pintar os sonhos acordados, reais... E eu, desejo que as cores deste seu sonhar acordada, sejam as mais belas criadas na paleta da Vida!!!
Beijinhos ternos, aplausos pela arte e maestria em reger as palavras em poesia!!
Thais "beijaflor"

Marina disse...

Oi Giglia!
Buscar a Paz nos relogios parados.
Amei essa frase e é muito certa.O tic tac nos faz lembrar do tempo, o que temos e o que nao temos. Com ele parado o silencio nos fala de paz, que nao ha tempo a perder mas somente disfrutar dela.
Voce é muito inspiradora. PARABENS. Amo seus videos.Tudo de bom e um lindo finde.
Marina.

Ilka disse...

Gigi amada, teus sonhos sempre retocarão pinturas com o bailar do teu olhar... com os desenhos da tua generosidade... com o Di-a-Dia que crias para "Fazer Pensar"...
Abraço dos nossos e pelos nossos Dia-a-Dia.
Ilka Vieira

Anônimo disse...

Querida amiga e excelsa poeta Gilia

Seus poemas são de uma profundidade incrível, metáforas maravilhosas, palavras jogadas da vida e pela vida.
Cada comparação mais bela do que a outra!
Amo seus poemas!
Eles dizem, falam de você, na madrugada, em que escreve suas dores, amores,vida, redenção!
Obrigada por lê-la.
Um beijo terno de sua amiga
Eda